domingo, 17 de maio de 2009

Ainda o amo

relembrando, pouco a pouco, os versos do primeiro poema, não mais encontrado...

quando amor, você me fitou,
havia em seu olhar tanta ternura
em seu sorriso tanta doçura
que meu coração se apaixonou.
[...]

Sílvia Mota
Piquete, São Paulo,[196?]

Nenhum comentário:

Postar um comentário